Apresentação

A antropologia visual vem discutindo o quanto a narrativa da visualidade fornece muito mais do que dados, pois ela é parte integrante do nosso entendimento. As imagens são consideradas artefatos culturais e tais como os textos, contribuem para uma melhor comunicação intercultural. Além disso, extrapolam o que é transmitido apenas no plano linguístico. Estudos antropológicos, através do uso de imagens fotográficas e fílmicas possibilitam dar suporte à produção de material artístico, didático, científico e outros referentes à história social e cultural de diversos grupos sociais.

A fotografia evidencia vários planos e aspectos culturais, pois ela revela aspectos das realidades de quem é fotografado e, também daquele que opera a câmera. As produções cinematográficas por sua vez são instrumentos de interação social e, como tal, apresentam possibilidades de criação e veiculação de formações discursivas. Além disso, o cinema possibilita sua utilização tanto na pesquisa (com produção de vídeos etnográficos) quanto no processo educacional, o qual tem buscado inovar sua metodologia de ensino. Do mesmo modo a inclusão de aparatos tecnológicos no ambiente escolar tem contribuído para o desenvolvimento do ensino e da aprendizagem.

Diante disso o VISAGEM propõe, a partir de planejamento anual e reuniões semanais, envolver estudantes e pesquisadores da graduação e a Pós-graduação nas atividades de ensino, pesquisa e extensão que contribuam para ampliação do uso interdisciplinar da Antropologia Visual. Precisamente, objetiva-se a realização de pesquisas sobre os usos da Antropologia Visual, pesquisas sobre a obra e o acervo do prof. Napoleão Figueiredo (antropólogo que iniciou o Laboratório de Antropologia da UFPA), reflexões sobre as experiências de pesquisadores que se utilizam de imagens em suas investigações, sistematização de relatos de práticas extensionistas e de ensino por docentes de IES do estado do Pará, organização e participação em eventos acadêmicos e artísticos, dentre outras metas. Consequentemente almeja-se a superação de lacuna de um grupo de pesquisa que proporcione de modo interdisciplinar ações acerca dos usos, práticas e saberes da Antropologia Visual no Estado do Pará, e quiçá na Panamazônia.

      Prof.ª Dr.ª Denise Machado Cardoso – Coordenadora do VISAGEM

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s